Copyright © 2017 por LocaFirme. Todos os direitos reservados.

Estamos localizados na

Av. América Central, 1001

Cabo Frio, RJ

CEP: 28909-581

ENCONTRE-NOS

NOSSOS TELEFONES

(22) 3053-1742 | (22) 2648-1864 |     (22) 98834-8539

Seg a Sex, das 08h às 21h. Sáb e Dom, das 08h às 14h

NOSSOS HORÁRIOS

Pneus sem ar e à prova de furos chegam a carros da GM em 2024 [vídeo]

09/07/2019

A General Motors está testando um novo tipo de pneu que não precisa de ar e, por isso, é impossível de ser furado. O produto, cujo protótipo se chama Sistema único de pneus à prova de furos (Uptis, na sigla em inglês), foi desenvolvido pela Michelin. Se os testes forem bem-sucedidos, a GM pretende começar a usar os Uptis em seus carros de passeio a partir de 2024.

 

À primeira vista, o sistema não difere muito do produto tradicional, mas, olhando de perto, é possível perceber sua estrutura interna. Para suprir a necessidade do ar comprimido, o novo pneu contém mais borracha em seu interior, formando aletas que se comportam como molas que se flexibilizam à medida que a pressão é aplicada na parte externa. Essa característica confere resistência ao pneu, que, como não precisa ser preenchido com ar, torna-se imune a perfurações.

 

Veja:

As duas empresas já começaram a discutir sobre as vantagens do pneu à prova de furos em relação ao convencional. De acordo com a Michelin, cerca de 200 milhões de pneus são descartados a cada ano, em todo o mundo, devido ao desgaste prematuro causado por descalibragem, furos e danos provenientes de acidentes de trânsito.

 

O Uptis, além de imune a perfurações, usa materiais que o tornam mais resistente. O fato de não ser preenchido com ar também o torna indiferente a explosões. Isso significa que, a longo prazo, haveria uma acentuada diminuição no descarte desse tipo de pneu. Contudo, como seu interior consome muito mais borracha que os produtos comuns, o impacto no meio ambiente poderia ser muito maior no período de adoção.

 

 

A GM deve testar o protótipo Uptis mais recente ainda em 2019 em uma frota de veículos autônomos, que seriam o real motivo para o projeto ter saído do papel, já que táxis totalmente independentes não terão quem troque pneus furados, por exemplo.

 

Fonte: Tecmundo.

Please reload

Destaques

Morro do Vigia será aberto à visitação no próximo verão

07/09/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes